Esqueceu sua senha?
 
 
 
 
Busca Avançada
 
 
 
Receba as notícias da
Nutrição em Pauta
em seu e-mail
 
 
 
 
Mega Evento Nutrição 2018 - Nutrição em Pauta - Bourbon Convention Center Mega Evento 2018
Datas: 23 a 25 de ago
Local: São Paulo SP
 
Fórum Nacional Nutrição - Curitiba 2018 Atualização em Cirurgia Bariátrica na Prática Clínica
Datas: 01 de Dezembro 2018
Local: São Paulo - SP
Fórum Nacional Nutrição - Curitiba 2018 ATUAÇÃO DO NUTRICIONISTA NOS NÚCLEOS AMPLIADOS DE SAÚDE DA FAMÍLIA (NASF)
Datas: 15 de Dezembro 2018
Local: São Paulo - SP
Fórum Nacional Nutrição - Curitiba 2018 Utilização de Novas Abordagens no Tratamento do Excesso de Peso: teoria e experiência prática
Datas: 02 de Fevereiro 2019
Local: São Paulo - SP
Diabéticos têm um risco 25 vezes maior de perder a visão
Os distúrbios oculares causados pela retinopatia diabética vão desde embaçamento visual até cegueira irreversível.

Alimentação com pouca proteína ajuda no tratamento da gota
Doença inflamatória é desencadeada pelo aumento do ácido úrico
 
 

Três dúvidas sobre alimentação e câncer


De vilão a mocinho: nutricionista desmistifica as polêmicas sobre o glúten


13 mitos e verdades sobre treinos na academia


Corrida de Praia: Os Efeitos


Alimentação pré e pós-treino: o que consumir?


Aspectos Psicológicos dos Transtornos Alimentares


A Dieta pode se Associar com a Inflamação Subclínica e Fatores de Risco Cardiovascular


 
 
 

VITAMINA D E OBESIDADE: AVALIAÇÃO DE PACIENTES COM UM ANO DE CIRURGIA BARIÁTRICA

Objetiva-se neste estudo verificar a incidência de deficiência e insuficiência de vitamina D e verificar a associação com dados antropométricos e exames laboratoriais no pré- e pós-operatório de cirurgia bariátrica. Foram utilizados os dados de 323 prontuários de pacientes que realizaram a técnica de Bypass gástrico em Y Roux. O percentual de pacientes com vitamina D insuficiente, deficiente e normal, no pré-operatório, foram respectivamente: 36,5%, 26,3% e 37,2%, e, no pós-operatório, respectivamente: 31,6%, 15,8% e 52,6%. O IMC médio no pré-operatório foi de 40,36 (±4,71) e no pós-operatório 26,79 (±3,90), sendo o percentual médio de perda de peso 52,04 (±16,10). Não houveram fatores associados aos níveis séricos de vitamina D no pré-operatório. No pós-operatório, o LDL e IMC apresentaram correlação com os níveis de vitamina D (p<0,05). Observou-se que pacientes com níveis mais baixos de vitamina D apresentaram níveis mais altos de colesterol LDL, sugerindo correlação com o quadro de obesidade.

 

Naturex inaugura seu primeiro laboratório de aplicação na América Latina
II Simpósio de Nutrição em Oncologia
Cozinha e Alimentação Escolar
Nota de Repúdio ao Uso Abusivo de Agrotóxicos no Brasil
 

 
Nossos Patrocinadores
   
 
© Copyright Nutrição em Pauta. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.